Vitória supera o Rio Branco, nos pênaltis, e conquista o título da Copa ES Unimed Sicoob

1 de agosto de 2022

Fotos: Henrique Montovanelli

O Vitória conquistou o título da Copa ES Unimed Sicoob, em uma final emocionante e histórica, que contou com a primeira utilização do sistema de árbitro de vídeo (VAR) no futebol capixaba. Após empate em 1 a 1 no tempo regulamentar, o time alvianil superou o Rio Branco AC nas cobranças de pênalti, por 4 a 2, no estádio estadual Kleber Andrade, no sábado (30).

Como campeão, o Vitória se classificou para a Copa do Brasil 2023 e lucrou mais R$ 50 mil de premiação. O Rio Branco AC, com o vice-campeonato, ficou com a vaga para a Copa Verde do ano que vem e com o prêmio de R$ 20 mil.

Foi o quarto título de Copa ES do clube de Bento Ferreira, também campeão em 2009, 2010 e 2018, e o segundo Vi-Rio em final da competição.

O Vitória abriu o placar com menos de um minuto de jogo, com Matheus Costa, após lançamento preciso de João Paulo. Depois disso, as equipes criaram oportunidades e o árbitro de vídeo (VAR), comandado por Dyorgines Padovani, trabalhou em lances importantes, anulando gol ilegal do Rio Branco e auxiliando o árbitro de campo, Arthur Gomes Rabelo, na marcação de pênalti para o time capa-preta, que converteu a cobrança com Rafinha e deixou tudo igual, já nos acréscimos do segundo tempo.

Nas penalidades, Rafinha e Maurício, para o Rio Branco, e Gabriel Fernandes, para o Vitória, desperdiçaram as cobranças. O lateral-esquerdo Dodô cobrou com precisão para encerrar as cobranças, por 4 a 2, e comemorar o título alvianil.

“Aconteceu um lance infeliz comigo, estava com os braços abertos e o juiz acertou em marcar o pênalti, o VAR foi competente. Mas graças a Deus eu sempre treinei pênalti e Ele pode me honrar, fui competente para bater o pênalti. Eu falei que seria o quinto, que bateria e a gente seria campeão”, comemorou Dodô, que havia sido personagem no lance do gol do Rio Branco.

O presidente da Federação de Futebol do Estado do Espírito Santo (FES), Gustavo Vieira falou do trabalho para viabilizar o VAR e avaliou a Copa ES Unimed Sicoob: “Como já constava em regulamento que a final seria com jogo único no Kleber Andrade, a gente teve tempo de trabalhar essa questão, visto que o estádio é único (no Estado) homologado pela FIFA e pela CBF para receber o VAR. A Copa ES cumpriu seu papel de dar calendário às equipes filiadas, foram 14 equipes disputando esse título. Foi uma competição de alto nível e tivemos um clássico Vi-Rio, um clássico centenário, na final”.

O presidente do Vitória, Rodolfo do Carmo, parabenizou a FES pela organização e falou sobre o planejamento do clube para a próxima temporada, quando o clube disputará a Série D do Campeonato Brasileiro – vaga conquistada com o vice-campeonato estadual – e a Copa do Brasil: “A gente já tem um planejamento bastante antecipado, tem mais ou menos 16 atletas com contrato renovado até o final do ano que vem, e agora tem mais fôlego e recurso para continuar montando nosso plantel”.

 


Próximos jogos

Estadual Série A
Robertão, Serra

Estadual Série A
Kleber Andrade, Cariacica

Estadual Série A
Municipal Zenor Pedrosa, Nova Venécia

Estadual Série A
Sumaré, Cachoeiro de Itapemirim

Estadual Série A
Kleber Andrade, Cariacica

Estadual Série A
Engenheiro Araripe, Cariacica

Estadual Série A
Engenheiro Araripe, Cariacica

Estadual Série A
Kleber Andrade, Cariacica