Em menos de 24h a Federação de Futebol do Espírito Santo (FES) tem emenda indicada na Assembléia Legislativa

16 de julho de 2014

O presidente da Federação de Futebol do Espírito Santo (FES), Gustavo Vieira  e sua diretoria, recém eleita para o quadriênio 2015 – 2019,  se reuniu ontem com o presidente da Assembléia Legislativa do Estado, Deputado Theodorico Ferraço, a Deputada Estadual e presidente da Comissão de Turismo e Desporto, Lúcia Dornellas e o Deputado Estadual Euclério Sampaio  para apresentar  quatro propostas para revitalização do clubes capixabas, especialmente os clubes que disputam as competições nacionais – Brasileiro Série D, Copa do Brasil e Copa Verde.

A liberação da venda e consumo de cervejas nos estádios,  uso de nota fiscal na troca por ingressos, a captação de recursos para os clubes através do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) e emenda para o repasse de verba às instituições esportivas.

Com apoio declarado na reunião pelo presidente da casa, o Programa Estadual de Incentivo ao Futebol Profissional no Estado Do Espírito Santo, denominado Gol de Placa foi protocolado, nesta manhã (16), e deverá ser lido em plenário no dia 4 de agosto, logo após o término do recesso parlamentar. Em seguida o documento será encaminhado ao Governador Renato Casagrande.

Através do Gol de Placa, os clubes profissionais do Estado do Espírito Santo participantes de competições nacionais poderão captar recursos, junto a contribuintes do ICMS, cujo valor não poderá exceder os seguintes limites anuais, e também não serão acumulativos:

I – participantes dos Campeonatos Brasileiros Séries D e C – R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) divididos, igualitariamente,

para cada clube;

II – participantes da Copa do Brasil – R$ 1.500.000,00 (um milhão e quinhentos mil reais) divididos, igualitariamente, para cada

clube.

III – participantes da Copa Verde – R$ 1.500.000,00 (um milhão e quinhentos mil reais) divididos, igualitariamente, para cada clube.
Para Gustavo Vieira, os clubes capixabas estão sem poder de investimento e economicamente inviáveis. “Se o Estado der o pontapé inicial em investir, vamos conseguir criar um ambiente propício par atrair investidores privados”.


Próximos jogos

Copa ES Sub 15
Camp Nou – Barcelona, Serra

Copa ES Sub 15
Campo do Paul, Vila Velha

Copa ES Sub 15
Campo do América - Olaria, Guarapari

Copa ES Sub 17
Camp Nou – Barcelona, Serra

Copa ES Sub 17
Campo do Paul, Vila Velha

Copa ES Sub 17
Campo do América - Olaria, Guarapari

Copa ES Sub 17
Municipal Zenor Pedrosa, Nova Venécia

Copa ES Sub 17
Campo do AERT, Serra