Presidente da FES comemora Brasil como sede da Copa do Mundo Feminina 2027

17 de maio de 2024

Fotos: FIFA

A Copa do Mundo Feminina de 2027 será no Brasil. A vitória da candidatura brasileira foi anunciada na madrugada desta sexta-feira (17), no 74º Congresso da FIFA, realizado no Queen Sirikit National Convention Center, em Bangkok, na Tailândia. O Brasil, que vai sediar a competição pela primeira vez na história, recebeu 119 votos e superou a candidatura tripla formada por Alemanha, Holanda e Bélgica, que teve 78 votos.  

O presidente da Federação de Futebol do Estado do Espírito Santo (FES), Gustavo Vieira, participou da candidatura vencedora e está representando a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) como um dos três delegados no evento. Gustavo comemorou muito, juntamente com toda a delegação brasileira, quando o presidente da FIFA, Gianni Infantino, anunciou o resultado.

“Representando a CBF como um dos três delegados no evento, posso dizer do trabalho árduo, da alegria e da honra que é trazer esta vitória para nosso país. Pela primeira vez na história um país da América do Sul sediará o Mundial Feminino de Futebol. Agora é se preparar para em 2027 fazer um evento inesquecível”,afirma o presidente da FES, que explica também como o Espírito Santo pode participar do evento.

Em relação ao Espírito Santo cabe mencionar que nosso Estado já foi colocado, dentro do documento apresentado pela CBF nesse processo, como uma alternativa para centro de treinamento das seleções, assim como aconteceu na Copa do Mundo masculina de 2014, quando as seleções da Camarões e Austrália vieram ao Estado através de um trabalho de articulação da FES junto à CBF. Então, o Espírito Santo já foi colocado à disposição para as futuras seleções que participarão do evento. Agora, primeiramente, é aguardar a definição das seleções e montar um plano estratégico para que o Estado, de fato, possa ter um bom aproveitamento desse importante evento que acontecerá no ano de 2027”, conclui.

A 10ª edição da Copa do Mundo Feminina terá 32 países e será disputada em dez cidades. Por ser a anfitriã, a Seleção Brasileira já está classificada para a disputa.

A comitiva brasileira em Bangkok contou com o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, o ministro do Esporte, André Fufuca, Aline Pellegrino (vice-campeã mundial em 2027 e gerente de Competições da CBF), Kerolin (atacante da Seleção Brasileira), Formiga (única atleta a disputar sete Copas do Mundo da FIFA), as consultoras Valesca Araújo, Jacqueline Barros, Manuela Biz e o consultor Ricardo Trade. Além do presidente da FES, Gustavo Vieira, o presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), Reinaldo Carneiro Bastos, e o presidente da Federação Bahiana de Futebol (FBF), Ricardo Lima, também atuaram como delegados da CBF no evento.

“Agradeço a confiança de todos que participaram do Congresso da FIFA pela escolha do Brasil para sediar a Copa do Mundo Feminina de 2027. Vivemos hoje um dia histórico em Bangkok. Essa é uma vitória do futebol feminino mundial. Garanto a todos vocês que o Brasil fará a melhor Copa do Mundo Feminina da história”, comemorou o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, principal responsável pelo sucesso da candidatura brasileira.

“Essa decisão da FIFA terá um grande impacto positivo no futebol feminino brasileiro e na vida de milhões de mulheres do Brasil. Além de investir na realização da Copa do Mundo, toda a cadeia produtiva do futebol feminino no Brasil e na América do Sul dará um imenso salto de desenvolvimento”, acrescentou Rodrigues, que, ao ser eleito em 2022, decidiu que o desenvolvimento do futebol feminino no país seria uma das prioridades da sua gestão. 

Para a escolha da sede, desta vez, todas as mais de 200 federações nacionais tiveram direito a participar da eleição eletrônica. Antes, a decisão era tomada apenas por 36 integrantes do antigo Comitê Executivo. Na Tailândia, 207 países votaram nesta sexta-feira (17). Apenas os quatro países candidatos não puderam votar. Desde o início da semana, o presidente da CBF e os integrantes da delegação brasileira fizeram o corpo a corpo com os eleitores na tentativa de conseguir o maior número de votos. 

Com o slogan Uma Escolha Natural (A Natural Choice), o país se apresentou como potência mundial e contou com o apoio de representantes de todos os continentes para que a Copa do Mundo Feminina da FIFA seja um catalisador de oportunidades para mulheres dentro e fora dos campos.


Próximos jogos

Estadual Sub 17 - Quartas de Final
Campo do Caxias, Vitória

Estadual Sub 13
Engenheiro Araripe, Cariacica

Estadual Sub 15 - Quartas de Final
CT Solvive, Vila Velha

Estadual Sub 15 - Quartas de Final
Campo do Caxias, Vitória

Estadual Feminino
Olimpio Perim, Venda Nova do Imigrante

Estadual Feminino
Sernamby, São Mateus

Estadual Feminino
Campo do A.A. Aliança - B. Aeroporto, Guarapari

Estadual Sub 11
Engenheiro Araripe, Cariacica