NOTA DE REPÚDIO

18 de setembro de 2017

A Federação de Futebol do Estado do Espírito Santo (FES) vem a público repudiar o ato de agressão sofrido pela Jornalista Luciana Castro, dos Jornais A Gazeta e Notícia Agora, quando exercia seu trabalho na cobertura do jogo entre Desportiva e Atlético de Itapemirim, no sábado (16), válido pela Copa ES, no Estádio Engenheiro Araripe.

De acordo com o relato da própria Luciana, quando entrevistava o jogador Edinho, da Desportiva, foi surpreendida com agressões verbais e físicas pela mulher do atleta, e segundo ela, foi necessária a intervenção do próprio jogador para conter a agressora que puxou o seu crachá bruscamente a deixando com escoriações no colo e pescoço. A jornalista registrou Boletim de Ocorrência contra a agressora e também passou por exame de Corpo Delito.

Luciana Castro é uma jornalista experiente, competente e conhecida no futebol capixaba, e por isso exigimos respeito à ela e a todos os outros profissionais da imprensa.

O ato praticado pela esposa do jogador Edinho é inaceitável. Reiteramos o nosso repúdio à toda manifestação de ódio, agressão e intolerância contra jornalistas, as mulheres, e a todos que frequentam os estádios capixabas. Para isso adotaremos em conjunto com os clubes filiados, medidas para impedir que atos como este se repitam.