Federação de Futebol do Estado do Espírito Santo (FES) completa 100 anos nesta terça-feira

2 de maio de 2017

A Federação de Futebol do Estado do Espírito Santo (FES) foi fundada em 2 de maio de 1917 e durante a sua trajetória seu nome sofreu algumas evoluções. Começou sendo chamada de Liga Esportiva Espíritosantense (LSES), e a partir de 28 de abril de 1938 foi denominada Federação Esportiva Espíritosantense, até 14 de setembro de 1943, quando recebeu a denominação de Federação Desportiva Espiritosantense.

Nesse período congregou diversas modalidades esportivas, segundo o Estatuto, e sua finalidade era dirigir, incentivar a difusão e aperfeiçoamento dos desportos como: Futebol Amador e profissional, Remo, Natação, Saltos Ornamentais, Polo Aquático, Vela e Motor, e Xadrez.

Em 21 de setembro de 1984, foi fundada a atual Federação de Futebol do Estado do Espírito Santo, agora com nova finalidade – dirigir o futebol amador e profissional através das ligas e clubes filiados.

Seu papel é dirigir, superintender, incrementar por intermédio das Associações das ligas que lhe são filiadas, o futebol amador e profissional, promovendo medidas para o seu aperfeiçoamento, a realização de campeonatos, torneios e competições de futebol, bem como buscar o fomento para o desenvolvimento dessas atividades e a promoção social. A FES é filiada à Confederação Brasileira de Futebol e mantém contato permanente com as Federações e clubes dos demais estados.

Campeonatos e Ligas

O primeiro campeonato de futebol do Espírito Santo foi o Campeonato de Vitória de 1917 com clubes apenas da capital. A disputa organizada pela Liga Esportiva Espíritosantense, teve cinco equipes: América, Barroso, Moscoso, Rio Branco e Victoria, atual Vitória Futebol Clube. O América sagrou-se campeão, vencendo o torneio em pontos corridos.

Em 1930, o campeonato passou a ser estadual. Quem atuou como zagueiro no América e se tornaria o governador do estado do Espírito Santo e senador da República na década de 50, foi Carlos Lindenberg.
No Campeonato de 1985 foi instituído o acesso e descenso.

O Campeonato Capixaba de 2016 foi a 100ª edição do Campeonato Estadual reunindo dez equipes, sendo a Desportiva Ferroviária a campeã ao derrotar o Espírito Santo nas finais.

Sob a Gestão do Presidente Gustavo Vieira, o Campeonato Estadual de 2017 marca o centenário da entidade com participações de Rio Branco e Vitória que estavam presentes no primeiro campeonato em 1917. Além das duas equipes, participaram também mais oito clubes.

– Sem qualquer dúvida os últimos anos foram desafiadores. A crise política e econômica afetou grande parte dos segmentos produtivos e empresas em todo Brasil. Apesar do momento adverso, a Federação de Futebol do Estado do Espírito Santo (FES) navegou contra a maré,  e com empenho, profissionalismo e articulação conseguiu viabilizar importantes parcerias para o futebol capixaba. Comentou Gustavo Vieira.

Em março de 2016 recebemos a Seleção Brasileira para amistoso entre Brasil e Nigéria – um dos últimos jogos da Seleção olímpica antes das Olimpíadas
Em 2014, trouxemos ao Espírito Santo as seleções de Austrália e Camarões que treinaram e ficaram e nosso estado durante a Copa do Mundo.

Em 2016, a FES captou e investiu R$ R$ 1.000.030,00 que proporcionaram a realização de 397 partidas oficiais dos Campeonatos promovidos pela FES, por meio do pagamento de taxas de arbitragem e quadro móvel, e aquisição de material esportivo para as equipes, além de custeio de transporte para as equipes disputantes da Copa São Paulo de Juniores e Taça BH Sub 17. Somente em 2016, a FES realizou três campeonatos profissionais e oito campeonatos amadores, em um total de 397 jogos oficias, com a participação de mais de 1.500 atletas, gerando aproximadamente 1 mil empregos diretos.

A diretoria da FES tem contado com o apoio de importantes atores para a viabilização e implementação dos projetos que visam o desenvolvimento do futebol capixaba, como o Governador Paulo Hartung e toda sua equipe, a Confederação Brasileira de Futebol, as Federações Estaduais de Futebol, o Banestes, Icone e Kagiva, o Deputado Federal Marcus Vicente, os Deputados Estaduais Gilson Lopes, Marcos Mansur, Theodorico Ferraço, Euclério Sampaio, Dr Hércules, Almir Vieira, Janete de Sá, e os ex deputados Nilton Baiano e Lucia Dornelas. Também é importante mencionar o empenho de seus colaboradores e, principalmente, a confiança de nossos filiados.
Utilização estádio Kleber Andrade pelos clubes capixabas

A FES, através de recurso viabilizado pelo vice-presidente da CBF, Marcus Vicente, firmou um contrato para custeio da instalação de estrutura móvel complementar do Estádio Kleber Andrade, exigida pelo Corpo de Bombeiros e Polícia Militar, pelo período de 11 meses. Assim, os clubes capixabas ficaram, neste período, isentos do pagamento de taxa para utilização do estádio. A isenção de taxa de utilização só foi possível após a parceria firmada entre a FES e a Sesport. Com a iniciativa foram realizados 16 jogos sem custo para competições profissionais e da base.

CBF Social

A FES recebeu em novembro o Projeto CBF + Saúde e CBF Social. A intenção é fomentar ações sociais através do esporte e promover atividades de inclusão por meio do futebol, da Seleção Brasileira e de jogadores e treinadores do país.
No Espírito Santo participaram 300 alunos de 9 a 13 anos que fazem parte de projetos sócio-esportivos do Governo do Estado e da Prefeitura de Cariacica-ES, além de acadêmicos, profissionais de educação física, fisioterapia e medicina que atuam com estes alunos e com as categorias de futebol de base da Federação de Futebol do Espírito Santo.
O projeto foi coordenado pelo Gerente de Desenvolvimento Técnico da CBF, Diogo Neto, e contou com a presença do Secretário Geral da CBF, Walter Feldman, e do vice-presidente da CBF e Deputado Federal do ES, Marcus Vicente.

Estreitando parcerias

A Federação de Futebol vem demonstrando a necessidade dos clubes receberem mais apoio público e privado para conseguirem representar bem o Espírito Santo nas disputas nacionais.
Através de um trabalho pautado na gestão transparente e profissional, a Diretoria da FES conquistou desde 2014, o engajamento do setor público através da indicação de emendas parlamentares estaduais e recentemente federal, investimentos que jamais foram destinados aqui no estado, além da liberação do Estádio Kleber Andrade para a realização de jogos locais com isenção de taxa de locação para os clubes filiados.

Emendas
Através das Emendas Parlamentares do exercício de 2015 e executadas em 2016, dos Deputados Estaduais Theodorico Ferraço, Gilson Lopes, Euclério Sampaio, Nilton Baiano, Doutor Hércules, Lucia Dornellas e Marcos Mansur, a FES viabilizou o pagamento das despesas com arbitragem quadro móvel e material esportivo dos Campeonatos Estaduais de 2016 – Série B, Sub 20, Interligas e Copa São Paulo, totalizando R$ 206.560,00.


Próximos jogos

Estadual Sub 17
Sernamby, São Mateus

Estadual Sub 17
Salvador Costa, Vitoria

Estadual Sub 17
Engenheiro Araripe, Cariacica

Estadual Sub 17
CT da Coruja Azul, Linhares

Estadual Sub 17
Campo da Policia Civil – Jardim Carapina, Serra

Estadual Sub 17
Campo do Novo México, Vila Velha

Estadual Sub 15
Salvador Costa, Vitoria

Estadual Sub 15
Sernamby, São Mateus