Em menos de 24h a Federação de Futebol do Espírito Santo (FES) tem emenda indicada na Assembléia Legislativa

16 de julho de 2014

O presidente da Federação de Futebol do Espírito Santo (FES), Gustavo Vieira  e sua diretoria, recém eleita para o quadriênio 2015 – 2019,  se reuniu ontem com o presidente da Assembléia Legislativa do Estado, Deputado Theodorico Ferraço, a Deputada Estadual e presidente da Comissão de Turismo e Desporto, Lúcia Dornellas e o Deputado Estadual Euclério Sampaio  para apresentar  quatro propostas para revitalização do clubes capixabas, especialmente os clubes que disputam as competições nacionais – Brasileiro Série D, Copa do Brasil e Copa Verde.

A liberação da venda e consumo de cervejas nos estádios,  uso de nota fiscal na troca por ingressos, a captação de recursos para os clubes através do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) e emenda para o repasse de verba às instituições esportivas.

Com apoio declarado na reunião pelo presidente da casa, o Programa Estadual de Incentivo ao Futebol Profissional no Estado Do Espírito Santo, denominado Gol de Placa foi protocolado, nesta manhã (16), e deverá ser lido em plenário no dia 4 de agosto, logo após o término do recesso parlamentar. Em seguida o documento será encaminhado ao Governador Renato Casagrande.

Através do Gol de Placa, os clubes profissionais do Estado do Espírito Santo participantes de competições nacionais poderão captar recursos, junto a contribuintes do ICMS, cujo valor não poderá exceder os seguintes limites anuais, e também não serão acumulativos:

I – participantes dos Campeonatos Brasileiros Séries D e C – R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) divididos, igualitariamente,

para cada clube;

II – participantes da Copa do Brasil – R$ 1.500.000,00 (um milhão e quinhentos mil reais) divididos, igualitariamente, para cada

clube.

III – participantes da Copa Verde – R$ 1.500.000,00 (um milhão e quinhentos mil reais) divididos, igualitariamente, para cada clube.
Para Gustavo Vieira, os clubes capixabas estão sem poder de investimento e economicamente inviáveis. “Se o Estado der o pontapé inicial em investir, vamos conseguir criar um ambiente propício par atrair investidores privados”.


Próximos jogos

Copa ES Sub 15
Camp Nou – Barcelona, Serra

Copa ES Sub 15
Campo do América - Olaria, Guarapari

Copa ES Sub 17
Camp Nou – Barcelona, Serra

Copa ES Sub 17
Campo do América - Olaria, Guarapari

Copa ES Sub 17
Municipal Zenor Pedrosa, Nova Venécia

Copa ES Sub 17
Campo do AERT, Serra

Copa ES Sub 17
José Olimpio da Rocha, Aguia Branca

Copa ES Sub 17
Campo do Paul, Vila Velha